16 de abril de 2020

Pesquisa sobre o avanço da Covid-19 no Estado: nenhum caso foi confirmado em Ijuí na primeira etapa

Mais três etapas da pesquisa ainda serão realizadas nas próximas semanas, quando serão feitos novos testes.


Os resultados da primeira etapa da pesquisa que está mapeando o avanço do Coronavírus no Rio Grande do Sul foram divulgados nesta quarta-feira, dia 15 de abril. Segundo o Governo do Estado, em anúncio durante a tarde, a primeira rodada da pesquisa por amostragem estima que 5.650 pessoas já estejam contaminadas pela Covid-19. As projeções levam em conta o resultado de 4.189 testes aplicados em nove cidades de diferentes regiões e apontam para uma relação de um caso para cada grupo de 2 mil habitantes.

O estudo inédito encomendado pelo Governo do Estado e coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), com participação de diversas outras universidades, entre elas a Unijuí, terá outras três fases, com o objetivo de identificar a prevalência da Covid-19 e projetar a incidência de casos mais graves e até o grau de letalidade da doença. Dos testes aplicados entre sábado (11/4) e segunda-feira (13/4), dois casos deram resultado positivo para a Covid-19 no Estado, o que representa 0,05%. Em Ijuí, nenhuma pessoa testou positivo para a doença nesta primeira rodada, em um total de 500 pessoas testadas.

O estudo está ocorrendo em Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Ijuí, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado e na grande Porto Alegre simultaneamente, com o objetivo de mapear o avanço da pandemia no Estado. O teste, de fácil aplicação, utiliza uma amostra de sangue (uma gota) da ponta do dedo do participante, que será analisada pelo aparelho de teste em aproximadamente 15 minutos. Enquanto o resultado é processado, os entrevistadores aplicam um breve questionário sobre informações sociodemográficas básicas, sintomas da Covid-19 nas últimas semanas, busca por assistência médica e rotina da família em relação às medidas de prevenção e isolamento social.

“Para Ijuí, cerca de 2,5% da população será testada, considerando os quatro ciclos da pesquisa, dois mil testes no total. Teremos, além dos testes, dados relacionados à faixa etária, sexo, categorias sócio-demográficas, que nos ajudarão a fazer uma leitura mais ampla do cenário na cidade”, salientou a professora Evelise Berlezi, a coordenadora da pesquisa pela Unijuí. Os professores pesquisadores do Departamento de Ciências da Vida (DCVida), ligados também ao Mestrado em Atenção Integral à Saúde, Evelise Berlezi, Thiago Heck e Matias Frizzo, fizeram uma transmissão ao vivo para comunicar questões da pesquisa em Ijuí. Confira na íntegra:

              

Saiba mais sobre a Pesquisa

A pesquisa mobiliza uma rede de 11 universidades federais e privadas: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal do Pampa (Unipampa/Uruguaiana) e Universidade de Caxias do Sul (UCS), Imed Passo Fundo, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS/Passo Fundo) e Universidade de Passo Fundo (UPF). O estudo tem um custo estimado em R$ 1 milhão e tem o apoio da Unimed Porto Alegre, do Instituto Cultural Floresta, também da capital gaúcha, e do Instituto Serrapilheira, do Rio de Janeiro.

Composta por professores pesquisadores vinculados ao Departamento de Ciências da Vida (DCVida), o trabalho em Ijuí também conta com a participação de 25 estudantes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação da área da saúde da Universidade e do mestrado em Atenção Integral à Saúde. Os professores envolvidos neste estudo pela Unijuí são: Evelise Berlezi, Matias Frizzo, Lígia Franz, Thiago Heck, do Mestrado em Atenção Integral à Saúde, e Carlos François, do curso de Medicina.

Números da pesquisa

• Para cada 1 milhão de habitantes no RS, estima-se que existam 500 infectados reais, 65 notificados e 1,2 óbito.

• Para cada caso notificado nas nove cidades da pesquisa, existem cerca de quatro casos não notificados.

• No dia 1° de abril, o RS tinha 384 casos confirmados. O resultado da pesquisa demonstra que o contágio é 15 vezes o número de casos confirmados ou 11 vezes o número de casos coletados.

Fonte: Governo do Estado

Outras notpicias

17 de janeiro de 2022

Salário Mínimo 2022

Mais uma alteração! Salário mínimo para 2022 tem nova mudança; veja o novo valor Como já informado, o reajuste não trará ganho real aos trabalhadores, uma vez que será uma atualização correspondente a inflação ...

14 de janeiro de 2022

Alterações no acesso ao ambiente do e-CA...

Foram identificadas instabilidades no acesso ao e-CAC nos últimos dias, dentre os esforços realizados para solucionar os problemas, a Receita Federal entrou em contato com representantes da classe contábil para estabelecer uma estratégia ...

13 de janeiro de 2022

Como formalizar o meu negócio?

A última e não menos importante, pois dela irá depender toda a sua organização e consequentemente sucesso de seu negócio é a etapa da legalização de sua empresa, inicialmente você precisará reunir todos ...

12 de janeiro de 2022

Dia Nacional do Empresário Contábil

11 de janeiro de 2022

É possível ter uma empresa online?

A resposta é Sim! Graças à tecnologia cada vez mais avançada, o mundo digital está ampliando as possibilidades de trabalhos possíveis de serem realizados fora dos ambientes corporativos e/ou comerciais tradicionais e tornando-se possível ...

7 de janeiro de 2022

Empresa Inativa e sem movimento

Primeiramente precisamos entender o que é uma empresa inativa e uma empresa sem movimento: Inativa é aquela sem nenhum tipo de atividade realizada, seja ela operacional, não operacional ou financeira, na empresa inativa não ...

5 de janeiro de 2022

A importância de organizar as obrigações...

Anualmente, as empresas precisam fazer um balanço de suas finanças e planejar os ajustes necessários para o próximo período. Essa é uma prática que traz segurança e tranquilidade para manter o negócio nos ...

27 de dezembro de 2021

Novas regras trabalhistas entram em vigo...

👉Transporte dos trabalhadores O vale só poderá ser usado em serviços de transporte coletivo urbano. Empregados domésticos é a única categoria que pode receber o vale-transporte de forma antecipada em dinheiro ou outra forma de ...

23 de dezembro de 2021

GFIP – Câmara aprova projeto que p...

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, o Projeto de Lei 4157/19, que anula débitos tributários pelo descumprimento da entrega da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e ...

21 de dezembro de 2021

O fim da DIRF e seus impactos no eSocial

Dessa maneira, esse sistema vai alterando a maneira como a DIRF era vista, uma vez que a empresa que consegue trabalhar de forma adequada com o eSocial já está transmitindo mensalmente as informações ...

20 de dezembro de 2021

O sócio é responsável pela dívida da emp...

👉 Dívidas trabalhistas e previdenciárias – Como se trata de pessoas que dedicaram sua força de trabalho na empresa. Portanto, para a justiça, se o valor devido aos funcionários não forem pagos pela ...

10 de dezembro de 2021

Simples Nacional

O Diário Oficial da União publicou a Portaria do Comitê Gestor do Simples Nacional nº 33/2021, que divulga o sublimite para efeito de recolhimento de ICMS e ISS, no âmbito do Simples Nacional ...

Acesso rápido para clientes e parceiros

Estamos sempre dispostos a ajuda-lô.

Precisa de ajuda com alguma dúvida? Ligue já:
Atenção Cliente: Novos Whattsapp do Escritório Percont
RH – 55 3332-1618
Contabilidade – 55 3332-9512
Fiscal – 55 9 9910-0639