23 de maio de 2017

Quebra de banco de horas

banco de horas cuidado no artigo 59, § 2º da Consolidação das Leis do Trabalho possibilita ser dispensado o acréscimo de salário se, por força de acordo ou convenção coletiva de trabalho, o excesso de horas em um dia for compensado pela correspondente diminuição em outro dia, de maneira que não exceda, no período máximo de um ano, à soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassado o limite máximo de dez horas diárias. Isso representa uma flexibilização das jornadas de trabalho diária e semanal máximas vaticinadas no artigo 7º, XIII da Constituição Federativa da República do Brasil.

Na prática o sistema de banco de horas pode ser utilizado em momentos de pouca atividade na empresa para reduzir a jornada normal dos funcionários durante um período, sem o proporcional decréscimo de salário, permanecendo um crédito de horas para utilização quando a produção crescer ou a atividade acelerar. Do contrário, se o sistema iniciar em um momento de forte atividade da empresa, a jornada poderá ser estendida além da normal sem o proporcional acréscimo de salário, permanecendo ao funcionário crédito para abater da jornada, posteriormente.

Para a validade do banco de horas são necessários certos requisitos a serem cumpridos:

  • autorização ou fixação através de acordo ou convenção coletiva de trabalho, por se tratar de situação extremamente mais gravosa ao empregado;
  • no caso de autorização, necessário acordo individual estipulando o banco de horas;
  • que o excesso de horas em um dia seja compensado pela correspondente diminuição em outro dia, dentro do período máximo de um ano;
  • que não seja ultrapassado o limite máximo de 02 (duas) horas extras diárias, conforme o art. 59 da CLT;
  • que dentro do período máximo de um ano, a compensação não exceda a soma das jornadas semanais de trabalho previstas;
  • seja possibilitado ao empregado o acompanhamento mensal do saldo de créditos e débitos, no período de execução do ajuste.

Assim, caso qualquer dos requisitos elencados acima seja desrespeitado, o banco de horas pode ser invalidado na Justiça e todo trabalho que excedeu 08 (oito) horas diárias e 44 (quarenta e quatro semanais) deverá ser remunerado como extraordinário em no mínimo 50% (cinquenta por cento) a mais do normal, nos termos do artigo 7º, XVI da Constituição Federativa da República do Brasil.

 

TRT-PR-16-05-2017 BANCO DE HORAS. HABITUAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ALÉM DE 10 HORAS DIÁRIAS. AUSÊNCIA DE NORMA COLETIVA PARA TODO O PERÍODO CONTRATUAL IMPRESCRITO. VIOLAÇÃO AO DISPOSTO NO ART. 59, § 2º, DA CLT E À SÚMULA 85, V, C. TST. O banco de horas representa flexibilização das jornadas de trabalho diária e semanal máximas previstas na Constituição Federal de 1988, mediante o qual o trabalho extraordinário é compensado, geralmente no período máximo de 1 ano, nos termos do art. 59, § 2º, da CLT. Tal regime de trabalho somente é válido se houver autorização expressa em instrumento coletivo, observadas as respectivas normas legais e convencionais. No caso, a inexistência de norma coletiva a amparar o banco de horas para todo o período contratual imprescrito e o habitual labor do autor além do limite de 10 horas diárias impossibilitam o seu reconhecimento. Recurso da reclamada a que se nega provimento, no particular. TRT-PR-05078-2015-863-09-00-4-ACO-15802-2017 – 7A. TURMARelator: BENEDITO XAVIER DA SILVAPublicado no DEJT em 16-05-2017

TRT-PR-10-02-2017 BANCO DE HORAS. ART. 59, § 2º, DA CLT. LIMITE MÁXIMO DE DEZ HORAS DIÁRIAS. É nulo o banco de horas quando não é respeitado o limite estabelecido no § 2º do art. 59 da CLT. A validade do banco de horas impõe o respeito ao estabelecido no dispositivo em tela. Recurso da reclamada ao qual se nega provimento. TRT-PR-01623-2015-091-09-00-7-ACO-04618-2017 – 3A. TURMARelator: THEREZA CRISTINA GOSDALPublicado no DEJT em 10-02-2017

 

Via Nardelli Borges / Link: https://www.jornalcontabil.com.br/quebra-de-banco-de-horas/

Outras notpicias

23 de junho de 2022

MEI foi dispensado de alvará e licença p...

Desde setembro de 2020, o MEI foi dispensado de alvará e licença para funcionar, mas isso não significa que ele está isento de fiscalização. A decisão considera que a maioria das atividades executadas na ...

21 de junho de 2022

Imposto de Renda não incidesobre pensão ...

O Plenário do Supremo Tribunal Federal afastou a incidência do Imposto de Renda sobre valores recebidos como alimentos ou pensões alimentícias. Por meio de ação direta de inconstitucionalidade, o Instituto Brasileiro de Direito de ...

17 de junho de 2022

CPF na nota aumenta o score?

Infelizmente a resposta é não! Essa informação é inverídica e vem sendo compartilhado entre as pessoas, é falado que ao incluir o CPF na nota é possível contribuir com o aumento da pontuação ...

15 de junho de 2022

Restituição do IRPF

Foram definidos cinco lotes de restituição do IR neste ano, que começou em 31 de maio, e se encerrando no dia 30 de setembro. Uma novidade deste ano é que o contribuinte poderá ...

13 de junho de 2022

Obrigações Acessórias

As obrigações acessórias são informações que o governo exige que a sua empresa declare. ⠀ Elas podem ser mensais, trimestrais ou anuais e estão relacionadas com: ⠀ ➡ Impostos apurados; ➡ Receita efetiva; ➡ Movimentação dos empregados; ➡ Entre outros ...

12 de junho de 2022

Nova CNH

A partir de 1º de junho, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passou a ser emitida em novo formato. De acordo com a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), o documento ficou “mais moderno” ...

8 de junho de 2022

Planejamento Tributário

Também conhecido como elisão fiscal, o planejamento tributário é um conjunto de estratégias, ações e estudos elaborados com o objetivo de reduzir a carga tributária de uma empresa de forma totalmente legal. Ele deve ...

6 de junho de 2022

O Documento Básico de Entrada (DBE)

O Documento Básico de Entrada (DBE) é um documento que a empresa concede para realizar qualquer tipo de movimentação relacionada ao seu CNPJ, como a mudança dos dados do cadastro ou mesmo seu ...

1 de junho de 2022

Quando posso Retificar a Declaração de A...

Se o contribuinte, após a apresentação da Declaração de Ajuste Anual (DAA 2022), verificar que cometeu erros ou omitiu informações, deve apresentar uma declaração retificadora. A declaração retificadora tem a mesma natureza da declaração ...

30 de maio de 2022

Planejamento Tributário

Vivemos em um país de liberdade econômica, podemos definir se pagamos dívidas ou investimos em ações, se contratamos e demitimos, margens de lucro e assim por diante. Mas, todo direito termina onde começam os ...

23 de maio de 2022

Fim do Prazo para quitar cota única do I...

Terminou o prazo para quitar, via débito em conta, a cota única do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2022, ano-calendário 2021. O prazo limite vale também para os contribuintes que desejarem ...

20 de maio de 2022

Vender sem nota fiscal é crime?

Quase todos os empreendedores são obrigados a emitir nota fiscal ao efetuar uma venda de produto ou serviço. Conforme determina a lei 8137/1990, é caracterizado como crime. 👉 Quais as consequências para quem vender ...

Acesso rápido para clientes e parceiros

Estamos sempre dispostos a ajuda-lô.

Precisa de ajuda com alguma dúvida? Ligue já:
Atenção Cliente: Novos Whattsapp do Escritório Percont
RH – 55 3332-1618
Contabilidade – 55 3332-9512
Fiscal – 55 9 9910-0639